Biomas Brasileiros e Defesa da Vida

22/03/2017 - 12:00

No próximo dia 01 de março, Quarta-feira de Cinzas, terá início o Tempo da Quaresma, assim como também uma nova Campanha da Fraternidade, cujo tema deste ano é: “Fraternidade: Biomas Brasileiros e Defesa da Vida”.

A Campanha alerta para o cuidado da criação, de modo especial dos biomas brasileiros. A proposta é destacar a diversidade de cada bioma e criar relações respeitosas com a vida e a cultura dos povos que neles habitam, especialmente à luz do Evangelho.

Só para entendermos: biomas constituem o conjunto de seres vivos, paisagens e climas característicos de cada região. No Brasil temos seis biomas: a Mata Atlântica, a Amazônia, o Cerrado, o Pantanal, a Caatinga e o Pampa. O cartaz da Campanha possui o mapa do Brasil com imagens características de cada região. Além de mostrar as belezas e riquezas de cada bioma, expressa um alerta para os perigos da devastação e busca chamar a atenção de toda a população para a criação de Deus. Por isso mesmo, o lema da Campanha é: “Cultivar e guardar a criação” (Gn 2,15).

Segundo Dom Leonardo Steiner, ofm, Secretário Geral da CNBB, a Campanha deseja, antes de tudo, que o cristão seja um cultivador e guardador da obra criada: “Cultivar e guardar nasce da admiração! A beleza que toma o coração faz com que nos inclinemos com reverência diante da criação. A Campanha deseja, antes de tudo, levar à admiração, para que todo o cristão seja um cultivador e guardador da obra criada. Tocados pela magnanimidade e bondade dos biomas, seremos conduzidos à conversão, isto é, cultivar e a guardar a obra de Deus”.

A Campanha da Fraternidade 2017, na mesma linha ecológica da Campanha de 2016, está preocupada com o cuidado e preservação de nosso planeta, nossa “Casa Comum”. Infelizmente, apesar das preocupações ecológicas em âmbito mundial, ainda assistimos a instalação de empreendimentos que não hesitam em cortar montanhas, aterrar enseadas, lagos, desviar o curso de rios, derrubar florestas inteiras, destruindo e devastando toda a vida ali existente. Enfim, destruindo o bioma local. Essa destruição compromete nossa “Casa Comum” e, em conseqüência, a qualidade de vida de nosso povo.

O “Texto Base” é o principal instrumento para ajudar nas reflexões do tema e trabalho sobre a Campanha da Fraternidade 2017. Ele é dividido em quatro capítulos e aborda os seis biomas existentes no Brasil e suas características. O texto também apresenta, a partir dos ensinamentos dos Papas São João Paulo II, Bento XVI e Francisco, orientações de como preservar a natureza.

Termino, convidando a todos para participarem ativamente, em suas paróquias, da Campanha da Fraternidade 2017.

 

Dom José Roberto Fortes Palau
Vigário Episcopal da Região Ipiranga