Nossa Senhora Aparecida

A A
PADROEIRO
12 de Outubro

Data da fundação

29/10/1933
Uso de Ordem
Padre Álvaro Macagnam
Vigário paroquial
Padre Claudino Vanz
Administrador Paroquial
Padre Ederaldo Macedo de Oliveira
Vigário paroquial
Padre Flávio Lima da Silva
Uso de Ordem
Padre Arno Boesing
Vigário paroquial
Padre Bruno Retore

Setor

Vila Mariana

Endereço

 Praça Nossa Senhora Aparecida , s/nº , Moema

Contato

 (11) 5052-4919
 (11) 5052-4918
 (11) 5051-7190
 Atendimento da secretaria
De segunda a sexta-feira
08
00
18
00
Sábado
08
00
18
00
Breve história 

Fome, desemprego e miséria assolaram a Europa com a primeira guerra mundial entre 1914-1917, estes e outros fatores levaram milhares de europeus a imigrarem para o Brasil no início do século XX, além da crise financeira de 1929 que afetou todo o mundo.

No bairro de Indianópolis, vários imigrantes se fixaram. Eram operários das fábricas de tecidos e tintas da região e do Ypiranga. Muitos vieram contratados para trabalharem na expansão da linha do bonde, que ia ligar São Paulo a cidade de Santo Amaro. Eram de muitos lugares: Italianos, russos, húngaros, espanhóis, portugueses e alemães, entre outros.

De volta ao Brasil a Revolução de 1924, fez com que os tenentes de São Paulo se levantassem pela renúncia do presidente Artur Bernardes. E São Paulo foi alvo de bombardeios. Em 1930 outra revolução, que surgiu contra a manipulação das eleições.

Com a posse, Getúlio sugeriu não convocar eleições, e São Paulo que antes o apoiava, se opôs. E o conflito entre São Paulo e as tropas federais só terminaram com a promessa de Getúlio por uma nova constituição.

Em 1932, o não cumprimento de uma nova constituição fez São Paulo se levantar contra a ditadura de Getúlio, que foi traído pelos aliados, e São Paulo brigou sozinho, ate 1934 aonde veio a nova constituição.

Essa sequência de conflitos e revoluções fizeram com que os paulistas reforçassem seu orgulho e identificação com São Paulo. E a imagem de N.Sra.Aparecida foi mais um fator aglutinador dessa identidade, pois estavam claras as motivações de pegar nas armas na busca do bem comum, da legalidade, da constituição.

Foi antes de 1930 a mobilização das pessoas e autoridades civis e religiosas para construírem o primeiro templo em homenagem a N.Sra.Aparecida em São Paulo. Em 1931 foi declarada Padroeira do Brasil. Durante a revolução de 32, ela era a protetora dos soldados constitucionalistas, com distribuição de santinhos patrocinados pela comissão organizadora da construção.

Foi assim a inauguração das obras da nossa paróquia, que se deu em 1933.

Foi a primeira paróquia depois da Basílica de Aparecida do Norte. Muitas pessoas colaboraram para isso. Destaque a família Loureiro.

Com a aquisição de um terreno de 50x25, os Padres Salvatorianos tendo como braço direito a Família Loureiro, iniciaram a construção de uma pequena Igreja inaugurada ainda em 1933. 

Em 29 de Outubro do mesmo ano foi instituída a Paróquia. A Igreja logo ficou pequena. Iniciou-se a construção de uma outra maior (a atual) concluída em 1937. Desde seu inicio a paróquia foi confiada pela Arquidiocese aos Padres Salvatorianos que até hoje lhe dão assistência. A Paróquia já foi administrada por 14 párocos, incluindo o pároco atual, Pe. Deolino Pedro Baldissera.


Hoje a paróquia dispõe de amplas instalações para atender suas demandas pastorais e assistência social. A Igreja possui um sistema de som de última geração, com circuito interno de TV, 500 cadeiras de cor marfim, com assentos de couro, oferecendo conforto aos fiéis que participam das diferentes celebrações.

A arquitetura da igreja é de estilo Romano, com belos vitrais e afrescos pintados pelo pintor italiano Bruno di Giusti. São 25 afrescos artisticamente distribuídos pelo corpo do templo.
As celebrações são presididas pelos sacerdotes, auxiliados pelos ministros da eucaristia, comentaristas, leitores, músicos, cantores, grupos de acolhida e a participação ativa dos fiéis.
Na parte de atendimento dos diversos serviços trabalham mais de 300 pessoas como voluntárias na prestação de assistência social aos menores de rua, na alfabetização de adultos, no atendimento de famílias carentes, na pastoral dos deficientes auditivos e visuais e nas demais pastorais.

Semanalmente são celebradas 19 missas, recolhendo as diversas intenções dos fiéis. Nos finais de semana (sábados e domingos) são celebradas 8 missas. 
A história completa da Paróquia está publicada no livro “Historia da Paróquia de Moema”.

Paróquia a qual faz parte 
Paróquia Nossa Senhora Aparecida
Lugar - VF - Categoria e Nome 
Matriz Paroquial Nossa Senhora Aparecida

Missas

Domingo
07
00
Domingo
08
30
Domingo
10
00
Domingo
11
30
Domingo
17
30
Domingo
19
00
Segunda-feira
12
00
Segunda-feira
18
30
Terça-feira
07
00
Terça-feira
18
30
Quarta-feira
07
00
Quarta-feira
12
00
Quarta-feira
18
30
Quinta-feira
07
00
Quinta-feira
18
30
Sexta-feira
07
00
Sexta-feira
12
00
Sexta-feira
18
30
Sábado
07
00
Sábado
14
30

Sacramentos

Confissões

Segunda-feira
09:00
11:30
Segunda-feira
15:00
17:30
Quarta-feira
09:00
11:30
Quarta-feira
15:00
17:30
Quinta-feira
09:00
11:30
Quinta-feira
15:00
17:30
Sexta-feira
09:00
11:30
Sexta-feira
15:00
17:30