Peregrinos caminham quilômetros até Igreja da Penha

" A caminhada é um alimento espiritual. Isso que fazemos ainda é pouco pelo que Cristo fez por nós"
Publicado em: 12/05/2017 - 15:00
Créditos: Natali Félix

 

No dia 14 de abril, foi realizada a 24º caminhada para à Paróquia Nossa Senhora da Penha.

Antes de iniciar o trajeto que partiu da rua Custódio Guimarães às 04h, o casal que organiza a caminhada ao longo desses 24 anos, Dona Eleni e Senhor Gentil, fizeram a oração para que tudo ocorresse bem.

Dona Eleni conta que no ano de 1993 um rapaz chamado Nelson, foi morar na mesma rua que ela. Quando ela o conheceu, Nelson já fazia caminhada da Pompeia até a Penha. "O grupo era pequeno. Não sabemos se continuaram. Então o Sr. Nelson conversando com outro morador daqui chamado Deodato, demonstraram interesse em formar um novo grupo", comentou dona Eleni.

Foi então, que a partir de 1994, deram continuidade a caminhada para à Penha. As razões são diversas, alguns fazem por algum pedido ou agradecimento a Nossa Senhora da Penha, outros apenas porque gostam de realizar uma boa caminhada.

O público é variado, crianças, jovens e adultos participam do trajeto, no caminho, situações difíceis são deparadas, onde a dura realidade da sociedade é mais visível durante a madrugada. Apesar dessas adversidades, com persistência e fé, a caminhada foi concluída dentro de um percurso de 25 quilômetros em cinco horas e meia.

Joselito Santos, que participou da caminhada pela segunda vez falou sobre sua experiência. " A caminhada é um alimento espiritual. Isso que fazemos ainda é pouco pelo que Cristo fez por nós. Isso é o mínimo, sem contar os gestos concretos que devemos cumprir não só nessa época, mas durante todo o ano."