Quem somos

Acesse as pastorais

Endereço

Rua do Carmo - 44, salas 21 e 22 -
São Paulo / SP
01019-020

Contato

Em 1982, o então Cardeal de São Paulo, Dom Paulo Evaristo Arns encontrou o diretor executivo da UNICEF da época, James Grunt em uma reunião na Suíça sobre a paz mundial promovida pela ONU. Grunt sugeriu ao Cardeal uma ação da Igreja Católica brasileira para reduzir a mortalidade infantil.

A CNBB encampou a ideia. Para desenvolver tal projeto, D. Paulo convocou sua irmã, a médica sanitarista Zilda Arns, com o apoio do Dom Geraldo Majella Agnelo, na época Arcebispo de Londrina. O trabalho iniciou-se em 1983, na Paróquia de São João Batista, município de Florestópolis, Arquidiocese de Londrina, no estado do Paraná. Este município foi eleito por apresentar uma alta taxa de mortalidade infantil (127 crianças para cada mil nascidas). Após um ano de atividades, a mortalidade infantil foi reduzida para 28 crianças para cada mil nascidas.

Diante do sucesso, no ano seguinte, o trabalho da Pastoral da Criança se expandiu para outras regiões brasileiras com apoio dos bispos. Atualmente, mais de 260.000 voluntários acompanham o desenvolvimento de quase 1,8 milhões de crianças de 0 a seis anos e quase 94 mil gestantes em 42 mil comunidades pobres, de 4.066 municípios, em todos os estados do país.

A partir do início de 2008, a Pastoral da Criança passou a ser coordenada pela Irmã Vera Lúcia Altoé, a primeira sucessora da Dra. Zilda Arns Neumann. Juntamente com a Irmã Vera Lúcia, um novo Conselho diretor assumiu os trabalhos na Pastoral da Criança, sendo constituído por Dom Aldo di Cillo Pagotto - Presidente do Conselho Diretor, Silvio da Rocha Santa'Ana - Tesoureiro do Conselho Diretor e Ana Ruth Rezende Góes - Secretário do Conselho Diretor.

A Pastoral da Criança é reconhecida como uma das mais importantes organizações do mundo a trabalhar em programas voltados ao desenvolvimento integral das crianças, desde o ventre materno até os seis anos de idade. As atividades acontecem no contexto familiar e comunitário. Trata-se de um organismo de ação social da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). 

LINHA DO TEMPO

Com base nas realizações da Dra. Zilda Arns Neumann:

1983 • Fundação da Pastoral da Criança, juntamente com Dom Geraldo Majella Agnelo, em Florestópolis – Paraná.
1987 • Lançamento do Primeiro Guia do Líder da Pastoral da Criança.
1987 • Campanha do Soro Caseiro.
1987 • Lançamento do Jornal da Pastoral da Criança.
1990 • Lançamento do Programa de Rádio Viva a Vida.
1991 - 2009 • Dra. Zilda foi Conselheira no Conselho Nacional de Saúde.
1993 - 1995 • Coordenadora Materno-infantil do Ministério da Saúde.
1995 • A Pastoral da Criança se torna Organismo de Ação Social da CNBB.
2003 • Realização do Primeiro Congresso Nacional da Pastoral da Criança.
2004 • Fundação da Pastoral da Pessoa Idosa.
2007 • Segundo Congresso Nacional da Pastoral da Criança.
2008 • Fundação da Pastoral da Criança Internacional, com sede no Uruguai.
2010 • Falece na cidade de Porto Príncipe – Haiti.

Pastoral a qual faz parte 
Pastoral da Criança
Coordenação a qual faz parte 
Coordenação Pastoral do Serviço da Caridade, Justiça e Paz