Papa Francisco pede prudência em decisões sobre Jerusalé

Papa fez apelo em prol de Jerusalém em Audiência, após decisaõ de mudar localidade da embaixada americana em Israel
Publicado em: 14/12/2017 - 09:15
Créditos: Redação

ANSA/L'Osservatore Romano

Após a decisão do Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de reconhecer Jerusalém como capital de Israel, o Papa Francisco manifestou “preocupação” com a cidade santa para judeus, cristãos e muçulmanos. “Que prevaleçam sabedoria e prudência para evitar adicionar novos elementos de tensão em um panorama mundial já complicado”, afirmou, no dia 6. 

Na mesma data, Trump anunciou que “Israel é um Estado soberano que tem o direito de decidir a sua capital”. Ele vai transferir a embaixada norte-americana de Tel-Aviv para Jerusalém. A complexidade da questão está em que, embora Israel considere a cidade sua capital, a parte Oriental de Jerusalém é disputada pelos palestinos, que também a têm como capital do Estado que almejam. 

Israel elogiou Trump, mas a Organização das Nações Unidas e alguns líderes internacionais condenaram a decisão unilateral. Ela despertou uma onda de protestos de grupos palestinos, como o Hamas, um dos mais violentos. No domingo, 10, o Vaticano reiterou: “Expressando dor pelos conflitos dos últimos dias, que deixaram vítimas. O Santo Padre renova seu apelo por sabedoria e prudência de todos.”