Jubileu Extraordinário da Misericórdia

Misericordiosos como o Pai
09/11/2015 - 17:30

“Pensei muitas vezes no modo como a Igreja pode tornar mais evidente a sua missão de ser testemunha da misericórdia. É um caminho que começa com uma conversão espiritual; e devemos fazer este caminho. Por isso decidi proclamar um Jubileu Extraordinário que tenha no seu centro a misericórdia de Deus. Será um Ano Santo da Misericórdia”, disse o Papa Francisco, no dia 13 de março de 2015, durante celebração da penitência, na Basílica de São Pedro, no Vaticano.
 
Com o tema “Sede misericordiosos como o Pai”, o Ano Santo da Misericórdia tem início, no Vaticano, no dia 8 de dezembro deste ano, na solenidade da Imaculada Conceição e, concluirá em 20 de novembro de 2016, Solenidade de Jesus Cristo Rei do Universo. 

Portas da misericórdia

"No domingo seguinte, o Terceiro Domingo de Advento [13 de dezembro], será aberta a Porta Santa na Catedral de Roma, a Basílica de São João de Latrão. E em seguida será aberta a Porta Santa nas outras Basílicas Papais. Estabeleço que no mesmo domingo [13 de dezembro], em cada Igreja particular – na Catedral, que é a Igreja-Mãe para todos os fiéis, ou na Co-catedral ou então numa Igreja de significado especial – se abra igualmente, durante todo o Ano Santo, uma Porta da Misericórdia. Por opção do Ordinário, a mesma poderá ser aberta também nos Santuários, meta de muitos peregrinos que frequentemente, nestes lugares sagrados, se sentem tocados no coração pela graça e encontram o caminho da conversão. Assim, cada Igreja particular estará directamente envolvida na vivência deste Ano Santo como um momento extraordinário de graça e renovação espiritual. Portanto o Jubileu será celebrado, quer em Roma quer nas Igrejas particulares, como sinal visível da comunhão da Igreja inteira.", afirmou o Papa Francisco, na bula de proclamação do Ano da Misericórdia, Misericordiae vultus.

Na Arquidiocese de São Paulo, o arcebispo metropolitano, Cardeal Odilo Pedro Scherer, abriu a porta santa da misericórdia na Catedral da Sé, em missa solene no dia 13 de dezembro. Também as demais regiões episcopais possuem santuáros de peregrinação com portas da misericórdia.

Confira:

Arquidiocese de São Paulo e Região Sé 

Catedral Metropolitana Nossa Senhora da Assunção e São Paulo

Região Belém

Igreja Nossa Senhora do Sagrado Coração

Região Santana

Igreja Sant’Ana

Região Lapa

Igreja Nossa Senhora da Lapa

Região Brasilândia

Igreja Nossa Senhora da Expectação

Região Ipiranga

Santuário São Judas Tadeu

Imagens pequena